2 O que eu sinto por ti

O que eu sinto por ti
Transborda aos olhos
Invade a garganta
Estremece o corpo
Inebria a mente

Então me diga como posso não te
amar?
Se cada ponteiro do relógio parece um
continente inerte
Dentro do espaço tempo infinito
Que são as horas longe de ti
Permitiria à física
A um louco apaixonado como eu
Que movimento retilíneo uniforme dos
meus passos
Diminuísse a distância entre nós

Na mesma proporção de aceleração
Da vontade de estar do teu lado?

Taís De Araújo Pereira

2 Respostas para "O que eu sinto por ti"

  1. Júlio Freitas 12 de janeiro de 2013 22:09
    A moça escreve bem, não há mentira no fogo dela.

Postar um comentário

Escreva para o Além da Literatura. Contribua com o seu talento. Entre em contato para maiores informações.